terça-feira, 13 de novembro de 2007

Mobilis vai custar R$ 620

A Encore do Brasil está finalizando as etapas para inciiar a produção do Mobilis. Ainda falta definir algumas parcerias e buscar mais alguns incentivos estatais. O setup-box "puro" deve chegar ao mercado a R$ 220 e talvez seja o mais barato. Estes setup-box baratos não terão alta-definição e não serão compatíveis com TVs acima de 14 polegadas, o que é uma pena e pode inclusive inviabilizar sua comercialização, já que custará metade do preço de uma TV popular convencional.

Já o Mobilis, definido como um "setup-box com interatividade - quiase um computador", deve sair de fábrica a R$ 620. Mais que o dobro do valor originalmente anunciado no meio do ano, mas ainda assim compatível com o mercado.

Jackson Sosa, diretor das duas empresas, disse que já encomendaram as caixas plásticas para os aparelhos.

Ficamos no aguardo.

Fonte original: Observatório do direito à comunicação


Powered by ScribeFire.

5 comentários:

Meira da Rocha disse...

Acho que este STB não é o Mobilis, Jaime. O Mobilis é um computador de verdade, não um "quase" computador.

CRoNuXs disse...

Nossa... com esse preço num vale a pena comprar o mobilis... prefiro pagar R$ 1100,00 no eeepc da asus! =/

Anônimo disse...

Cronuxs,

Acho melhor colocar os dois na mão e usá-los antes de afirmar que o dobro de diferença vale a pena.

Por R$1.100 eu particularmente prefiro acrescentar mais R$ 200 ou R$ 800 e comprar um notebook com aceleradora de vídeo nVidia (Amazon a101v, que já tenho e recomendo). Ou então comprar um smartphone com wifi (infelizmente um preço razoável só será encontrado no mercado negro).

E Zé, espero que esteja errado, se o Mobilis seguir o caminho do preço do eeePC vai ser um fracasso

bugleader disse...

Bem... já começou, o preço já subiu, a qualidade (parece) já caiu, e nossas esperanças se vão... 620 reais... Tudo bem que não está 'tão' caro mas será que vai valer a pena, o EEEPC tem um teclado claramente superior, a minha grande espectativa era a possibilidade de digitar textos enquanto me locomovo - como todo o bom brasileiro, pego 3 conduções pra trabalhar - o eeePC esta relativamente caro para o que eu quero, e parece-se demais com um laptop para ser seguro de se usar por ai... (fora que o preço dele, mais vale pegar um laptop basico) eu já tenho um palm meio velho (Zire 21) talvez seja melhor eu simplesmente investir em um teclado para ele, e esquecer... uma pena, mas como toda a espectativa, nosso destino é se decepcionar. Fora que enquanto eu procurava o Mobilis nas lojas da Polishop, um outro cliente, afirmou ter 'ouvido falar' que tinha rolado grana, e que o Mobilis não seria lançado antes do ano que vem... e com toda esta trapalhada, você começa a imaginar se existe alguma verdade nisto...

Jaime Balbino disse...

Os problemas do Mobilis são circunstanciais mesmos. Quer dizer: não é fácil em nenhum lugar montar uma fábrica de qualquer coisa, muito menos no Brasil. Eles tiveram, por exemplo, de separar o conversor de TV Digital do computador, para poder aproveitar a redução de imposto. Também tiveram que mandar fazer o conversor em Manaus enquanto a fábrica do Mobilis era para ser no Rio Grande do Sul, coisas da Lei também.

Não "rolou grana" e sim muita conversa e negociação para fazer um produto decente e barato também.